Sinval apoia projeto de inclusão para atletas com deficiência visual.

004

O Projeto Sexto Sentido RS tem como objetivo a inclusão social a partir da atividade paradesportiva, contribuindo para melhorar a qualidade de vida de pessoas com deficiência visual e também para os guias voluntários. O Projeto Sexto Sentido iniciou em Florianópolis e veio para o Rio Grande do Sul em 2017.

Veja algumas imagens do evento:

Confira na íntegra o texto divulgado no Diário de Canoas sobre o projeto.

Um sexto sentido inclusivo

Por Marcos Negrini

Quando escrevi uma série de artigos sobre o que aprendi com a corrida, não abordei alguns pontos. Não porque não são importantes, mas porque são tão importantes que merecem um espaço só deles. É o caso do Projeto Sexto Sentido RS: criado em Florianópolis por uma turma muito gente boa, o Sexto Sentido é um grupo de corredores que guia corredores deficientes visuais em treinos e provas. Um dia, pegando dicas de corrida pelo WhatsApp com o Takeda, um amigo de lá, perguntei: “meu, como funciona esse projeto? Tem aqui no RS?”. “Não, não tem. Leva para aí!”. E assim, com a benção dos fundadores do original, criamos o Projeto Sexto Sentido RS em parceria com a Acergs – Associação de Cegos do RS. Tive a honra e o privilégio de ser um dos primeiros coordenadores ao lado da Clarissa, uma amiga das corridas, e em conexão com o Glailton, diretor da Acergs. Nosso atual líder, o Luciano, nos levou a outro patamar: a estratosfera. Que baita condução! Até desconfio que esse maluco multiplica as horas do dia dele, porque trabalha muito e sempre arranja tempo para o projeto, para os próprios treinos, para a família e olha, acho que ainda é capaz de escrever um livro e plantar uma árvore por dia. Aplausos para ele, o cara merece. Sobre guiar: é uma experiência fantástica. Muito antes de ser uma doação, é uma troca. Sim, emprestamos nossos olhos, como os DV’s (deficientes visuais) costumam dizer, mas o que aprendemos ao convivermos com essas feras não tem como explicar escrevendo. Só mesmo correndo ao lado deles para entender. A turma é grande e cheia de histórias inspiradoras. Vou pegar o exemplo do Matheus: ele é casado com a Taís, também atleta (pensa numa guriazinha que corre!), trabalha, cursa Educação Física, corre, pedala, nada, pratica judô, goalball e já fez até triathlon acompanhado pelo Rafael, um baita guia. Através de exemplos assim, se vê que nessa troca recebemos muito mais do que entregamos, além do grupo proporcionar relações muito bacanas de amizade e parceria. É complicado ter citado apenas alguns nomes, pois o justo seria mencionar todos os DV’s, guias e professores, como o Fábio e o Huibner, que fazem parte dessa iniciativa tão especial e que tanta satisfação nos traz. Pessoas diferenciadas, com muitos relatos sensacionais de conquistas e superações e que mantêm o astral sempre lá em cima, porque o bom humor é uma constante nessa galera que, infelizmente, não tenho tido oportunidade (ou capricho) de acompanhar mais de perto e que já correu provas importantes como a São Silvestre, a Maratona de Porto Alegre e a TTT (Travessia Torres-Tramandaí). Segue o Projeto Sexto Sentido RS nas redes sociais, vem nos conhecer e ser voluntário. Tu vai ter belas experiências e conhecer muita gente legal. Com que frequência? O tempo todo!

CADASTRE-SE PARA RECEBER NOVIDADES

Beco Dona Gasparina, 119 – Fiúza, Viamão – RS
+55 51 3434.2499 | [email protected]

Sinval Transportes© – Todos os direitos reservados. Por METANÓIA Agência de Comunicação Digital.